quarta-feira, 19 de maio de 2010

A valorização da Arte

Para superar o niilismo - que está pondo abaixo os valores supremos, alimenta o pessimismo e a fraqueza - a transvaloração de todos os valores perseguida por Nietzche ergueria uma cultura voltada para o prazer na alegria, o corpo integrado à imaginação poética, à arte, em suma. Nem a religião, nem a ciência, nem a filosofia, mas a ARTE, com sua embriaguez dos sentidos, enraizada no presente mas aberta ao futuro, a arte seria o fio condutor para um novo estilo de vida.

Jair Ferreira dos Santos